era tão difícil ficar longe?

Você não poderia ter enlouquecido um pouquinho mais, não? Para ir além do suportável, para que eu nem tentasse e não sofresse cada vez que nossas loucuras se batem de frente e não podemos mais nos olhar, nos ouvir, nos agüentar? Custava ser um pouco mais louca e eu, portanto, um pouco menos apto à paciência contigo?

Não poderia ter dado aquele passo a mais, pra que eu nem pudesse te alcançar e, evitando a fadiga desnecessária, nem tentasse? Custava ter fugido de mim enquanto havia tempo?

Por tal e tal nos encontramos nesse limiar eterno, a cada encontro parecendo escalar uma montanha que não nos quis lá, não pára de crescer e da qual também jamais cairemos.

Pudesse eu ser menos tu…

Anúncios
Esse post foi publicado em sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s