caso abaetuba

Pra quem lembra dessa notícia, de 2007, quando uma adolescente, acusada de TENTATIVA DE FURTO, foi presa numa cela com 20 homens por 26 dias.

“De acordo com a Polícia Civil, em Abaetetuba não há carceragem feminina. Mesmo tendo passado um mês, a polícia justificou a prisão da adolescente – acusada de furto – por ela não estar com a carteira de identidade para comprovar a idade.” http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL185679-5598,00.html

A juiza responsável foi “punida” com uma aposentadoria. Em 2012, o STF revogou a punição: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5837050-EI306,00-STF+revoga+punicao+a+juiza+que+pos+menina+em+cela+masculina.html

A família chegou a entrar no programa de proteção a testemunhas, e abandonada há pelo menos 2 anos. http://www.youtube.com/watch?v=aG1FbabzWhs

Segundo essa notícia, ao menos os delegados responsáveis foram condenados: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/849624-justica-condena-delegados-que-cuidavam-da-prisao-no-pa-onde-menina-foi-estuprada.shtml

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s