o corpo

“O corpo não é uma máquina, como nos diz a ciência, nem uma culpa, como nos faz crer a religião. O corpo é uma festa.” (Eduardo Galeano)

Por aí. Parem de definir-regrar-censurar-forçar-exibir-exaltar-diminuir algo tão afudê quanto o corpo. Egoisticamente peço, por todas as vezes que deixei de participar de simples festas em piscinas porque fui ensinado a esconder. E por todo mundo que devo ter censurado, mesmo sem dizer nada, porque fui ensinado a julgar.

Imagina a próxima geração já sem nossos medos e preconceitos.

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real, palavras sábias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para o corpo

  1. Há que se iniciar em algum momento. Ele sempre chega, quando estamos prontos. Ainda que não seja tudo, o corpo é um bom começo para não julgamentos.

    • J.P. Flores disse:

      boa, um bom começo. talvez dos mais indicados, porque se livrar de preconceitos/tabus de algo que estaí, o tempo todo contigo, o tempo todo sendo visto por ti, pode ser o ponta-pé pra se livrar de tantos outros…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s