resumão

ou pra não dizer que não falei do lulu app

Mulheres fazendo mimimi sobre homens fazendo mimimi sobre mulheres fazendo mimimi sobre homens em um aplicativo criado por homens e que tem a tag #PagaAConta.

Mais uma vez, recorro ao intelecto superior de minha amiga Carol:

se eu tivesse um pouquinho mais de ruindade nas minhas veias e horas no meu dia, eu dedicaria minha vida a promover o uso da hashtag #UsaLulu nos murais das usuárias. por motivos de:

ingenuidade: confiar cegamente em algo que uma estranha (ou, pior ainda, uma anônima) diz é uma mongolice sem fim. teus pais nunca te disseram pra não aceitar doces de estranhos? vai aceitar conselho amoroso agora, ein einstein?
– inexperiência: mesmo que você seja uma virgem casta do interior da puta que pariu, você precisa saber que as pessoas não tem um comportamento padrão. se joãozinho te tratou mal, ele certamente já tratou e/ou vai tratar a mariazinha que nem uma princesa; se o sexo foi uma bosta, com certeza ele teve uma química do capeta com a mariazinha;
preconceito: ok, você pegou um cara em uma noite (ou um ano, whatever) e já grita a plenos pulmões (ou escreve em plenas hashtags, whatever) que ele #NãoValeNada. por gentileza, me mande um inbox pra informar o valor cobrado por hora com a psiquiatra mais eficiente do país;
– pornografitização: toda e qualquer mulher nesse universo reclama (e com razão) de caras que só querem loiras turbinadas que consigam engolir até o cotovelo. mesmo sabendo que esse look não é pra você, é inevitável não ter a confiança abalada por isso. então, pra que falar que o joãozinho tem pau pequeno? verão chega e lágrimas rolam por um ou outro pneuzinho, imagina ele que não pode fazer nada a respeito. e, aliás, por favor: sexo é bem, muito, incrivelmente mais do que isso. se fosse por tamanho estávamos todas em um relacionamento sério com uma garrafa de pepsi.

a lista vai longe – mais do que eu gostaria -, mas vou interromper por aqui. pra finalizar, um conselho de amiga que vale mais que #PegaBem: sai dessa, flor. quer um relacionamento sério? espera dar friozinho na barriga e, quando der, ele pode ser #PãoDuro,#Canalha ou qualquer outra coisa que você não vai se importar. quer dar? vai dar, guria. foi bom, ótimo; não foi, mudou o que na tua vida? #NãoLigouNoDiaSeguinte? guria, tu queria dar, DAR. tem namorado e entrou no lulu pra stalkear? todo mundo tem passado: você, eu, a dilma, sua faxineira, vizinha, professora, chefe, SUA MÃE, todas rodamos mais que porta giratória.

aos meninos que burlaram a lei e ficaram decepcionados ao verem suas notas no aplicativo: sério que vocês se importam com o que umas minas dizem nos seus diários cor de rosa com cadeado em formato de coração? e, aos burlaram a lei e ficaram orgulhosíssimos ao verem suas notas no aplicativo: sério que vocês se importam com o que umas minas dizem nos seus diários cor de rosa com cadeado em formato de coração?
claro, há quem diga que é um aplicativo, uma bobagem, uma brincadeira. mas aplicativo a gente usa no ônibus, bobagem a gente faz e pra brincadeiras a gente usa dois controles. e claro, há quem diga que “mulher sempre fofocou”, mas nunca a fofoca tomou dimensões tão públicas assim – tá pior que “mean girls” essa porra. e vale lembrarmos da velha regra do “se ponha no lugar do outro”: aposto que #MaisPneuQueABR101, #TodosCome, #Fazida,#PeitoPequeno causariam uma tonelada de comentários sobre machismo e muitas, mas muitas, mas MUITAS mensagens em caps lock por aí.

tá, cansei. vou lá ver um filminho abraçada na minha garrafa de pepsi.

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s