os reaças estão com medo

“Tudo que temíamos no comunismo — que perderíamos nossas casas, economias e seríamos forçados a trabalhar eternamente por salários básicos e não ter voz de opinião no sistema — aconteceu através do capitalismo.”

E é por isso que tanta gente tem medo de quem vai à rua reclamar. De quem está vivendo em alternativa ao sistema vigente. De quem acredita — e trabalha — o colaboracionismo. De quem mostra pro mundo todo que a convivência anarquista está funcionando em vários lugares e funcionando bem.

Essa gente tem medo de mudança. Essa gente precisa de todo mundo assim, sem lar, trabalhando constantemente pra manter as engrenagens do sistema, mesmo que pra que isso funciona, tantxs passem fome. Essa gente tem medo porque vivem de lucro. Vivem do poder que o comércio como meio de sustento da sociedade — essa coisa estúpida, desnecessária que nos é enfiada goela abaixo — lhes dá; se sentem seguros acima de todos e convencem a maioria que está tudo bem assim. E todo mundo fica com medo de mudança também. Porque o capitalismo é um engodo.

Generais engordam à custa do sangue de crianças e te convencem que tu está fazendo o certo trabalhando pra eles. E tu nem percebe que todo o sangue derramado é derramado por ti.


“Vocês tem medo de professor, medo de estudante, medo de pobre da
periferia.”

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s