Estou Feliz Que Tua Doença…

por Marina Tsvetaeva

Tradução, do inglês, por Coiote Flores. Para a versão em inglês, cujo(a) tradutor(a) desconheço, vá ao final do post.

Estou feliz por tua doença não ser causa por mim
A minha não é por ti. Estou feliz em saber
que a pesada Terra eternamente flutuará pra longe
de nós, sob nossos pés, e assim
podemos relaxar juntos, e não cuidar
nossas palavras. Quando nossas mangas encostarem
não vamos nos afogar em ondas de crescente enrubecer.

Estou feliz em ver que você calmamente agora braça
outra garota em minha frente, sem
qualquer intento de causar-me dor, assim como
não te abrasas se eu beijo outro alguém.
Sei que nunca usas meu terno nome
meu terno espírito, ao dia ou à noite. E
e ninguém no silêncio de uma igreja
cantará seus Aleluias acima de nós.

Obrigado por me amar assim
pois tu sentes amor, embora não o saibas.
Obrigado pelas noites que passamos em quietude.
Obrigado pelas caminhadas sob a lua
das quais me poupaste e daqueles encontros ao pôr-do-sol que não partilhamos.
Obrigado. O sol nunca abençoará nossas cabeças.
Encare meus tristes agradecimentos assim: tu não causa
minha doença. E eu não causo a tua.

I’m glad your sickness is not caused by me.
Mine is not caused by you. I’m glad to know
the heavy earth will never flow away
from us, beneath our feet, and so
we can relax together, and not watch
our words. When our sleeves touch
we shall not drown in waves of rising blush.

I’m glad to see you calmly now embrace
another girl in front of me, without
any wish to cause me pain, as you
don’t burn if I kiss someone else.
I know you never use my tender name,
my tender spirit, day or night. And
no one in the silence of a church
will sing their Hallelujahs over us.

Thank you for loving me like this,
for you feel love, although you do not know it.
Thank you for the nights I’ve spent in quiet.
Thank you for the walks under the moon
you’ve spared me and those sunset meetings unshared.
Thank you. The sun will never bless our heads.
Take my sad thanks for this: you do not cause
my sickness. And I don’t cause yours.

Anúncios
Esse post foi publicado em sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s