08/julho/2011

Não sei aonde devo te levar
Mas quero dar meu braço ao teu
enquanto a gente andar

Tanto procuramos, percorremos
sem saber e agora
estamos prontos sem saber
para o quê.

Anúncios
Esse post foi publicado em versos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s