horário de verão

Aproveitar o horário de verão
e começar a se consertar de dentro pra fora
uma hora mais cedo

Trocar o pogo
por ragas

E veneno
por yoga

Meditação serena
por menos dopamina

O medo, a pressa, a intensidade,
por amor

A lage, o canto, a quina
por sofá

A vontade de fugir
pelo motivo pra ficar;

o medo de sair
por viajar.

O pesadelo que pinto de sorriso
por outros sonhos.

E tudo que agarra na sua mão
pra não afundar sozinho
Por um convite à beira-mar

E a ressonância dos gritos contidos dos gritos ouvidos
dos gritos dos gritos dos gritos dos gritos
pelo silêncio
ou qualquer música
que dê paz entreouvidos

“Estamos sofrendo dessas doenças de alma
Estamos amando em meio a uma grande guerra
Juras, fugas
Inconseqüentes madrugas
O nosso estilo desregrado
me deixa um pouco assustado
(…)
Eu quero paz mental, estabilidade.
Por outro lado este amor me sugere liberdade”

(Júpiter Maçã)

Anúncios
Esse post foi publicado em música, versos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s