eu sou assim: não

Há anos atrás algum amigo escreveu ou transcreveu um texto chamado “eu sou assim”. Não tenho como encontrar a peça agora, mas tratava de como usamos essa afirmação de nossa merecida individualidade como desculpa pra não mudarmos, por preguiça ou por apego a hábitos que podem ser nocivos pra nós e/ou pra outrem. Foi bom ler aquilo e o que ficou em mente foi a frase e a lembrança de que é possível revogá-la sempre que uma mudança cabe ou se faz necessária. Então é isso: deixa de ser merda com a desculpa de ‘eu nasci merda’ ou ‘eu fui criado merda’; somos todos merdinhas, num momento anterior ou futuro, e sempre podemos mudar.

Anúncios
Esse post foi publicado em a vida em anexo, palavras sábias e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s