Penny Dreadful

Miss Ives: Somos todos desajeitados no amor. O meu sempre acaba torto. Me abrir no passado me deixou… Danificada. As consequências são demais graves.
Criatura: E qual a nossa recompensa? A nós, que não podemos colocar nossos barcos nesse mar?
Miss Ives: E como navegaremos suas águas quando nos são tão estranhas?

Penny Dreadful, 2ª temporada, 5º episódio

A série é praticamente um amontoado de referências literárias. Referências? É a essência do enredo, que se faz como uma compilação de algum acadêmico ou entusiasta da arte. Personagens e histórias, autores e suas realidades, tudo se mistura dentro da ficção de Penny Dreadful, e fica difícil saber se diálogos como o acima foram escritos no roteiro ou retirados de algum clássico do romantismo ou anterior. Abaixo, o poema de John Clare declarado a duas vozes pelos mesmos Criatura e Srta. Ives do diálogo acima:

“Eu sou mas o que sou ninguém se importa ou conhece,
Meus amigos desistiram de mim, como uma memória perdida.
Sou o consumidor das minhas próprias mágoas.
Elas ascendem e desaparecem em chão estéril,
como sombras em dores delirantes de um amor sufocado.
E ainda assim eu sou, eu vivo – como vapores tremulantes.

Em meio a um nada ruidoso e escarnescente,
Em meio a um vivo mar de sonhos vigilantes,
Onde não há sentido de vida ou alegrias,
Só o vasto naufrágio das minhas aporias,
E a mais desejada, a que eu amei mais,

É-me estranha – ou pior, mais estranha que as mais.
Anseio por cenas onde o homem nunca trilhou.
Um lugar onde as mulheres nunca sorriram ou choraram.
Para lá residir com o meu Criador, Deus.
E dormir como eu dormia docemente na infância.
Tranquilo e despreocupado onde repouso.
A grama abaixo – por cima o céu abobadado.”
—John Clare

Recomendo esse artigo do Luís Augusto Fischer sobre John Clare, com alguns poemas do britânico traduzidos pelo nosso estimado professor e autor: Alguns poemas do britânico John Clare

Anúncios
Esse post foi publicado em cinema & teatro, literatura & lingüística e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s