abstinência

Sabe o que é estar há tanto tempo sem drogas que tu sente como se tivesse alguém dentro de ti, um alguém que é tu, não como um doppelganger, mas uma manifestação tua que é tu mesmo, tão real e presente quanto esse você corpo-e-mente aqui fora, e esse alguém está lá dentro querendo sair, te destruindo enquanto cavoca por tudo procurando por uma abertura, mas sem encontrar, como se tu não tivesse boca, nariz, uretra, cu, poros, orelhas? A analogia talvez não seja a mais precisa ou compreensível, mas é o melhor que consigo no momento.

Anúncios
Esse post foi publicado em a vida em anexo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s