negação da cultura de estupro

Quando alguém diz que “não existe” cultura de estupro:

Apontam-se pra esse alguém as conseqüências dessa cultura e, mesmo indignado com elas, e querendo trabalhar em suas causas, não admite que exista a “tal”. Argumenta com definições enciclopédicas, números e o que mais quiser, não admitindo, assim, fazer parte de algo tão cruel. Presumindo que isso seja elevar paranoicamente a causa do problema.

Pra saber que existe, é preciso saber o que é. A própria palavra “cultura” já é difícil de remeter a comportamentos vis. Muita gente acha que grupos cultuadores de violência são tumultuadores em determinados subnichos sociais, como os hooligans nas torcidas de futebol britânicas. Admite-se que ali há cultura de violência competitiva. Que agrega pessoas. Que a constroem e dão sua continuidade. Mas admitir que exista uma cultura generalizada que afeta, machuca, mata e determina o comportamento de tanta gente em tantos meios sociais diferentes dentro de toda uma gran-sociedade? Os caras não engolem porque acham que “eu não cultuo violência machista, então ela não é intrínseca ao meu meio”. O maior truque do diabo é fingir que não existe, e o mesmo acontece com hábitos pessoais e formações sociais.

Cultura não é arte. Cultura não é educação, aprendizado, academismo etc.; C

Cultura é senão uma relação de todas as coisas que nos constroem; a) coletivamente, sendo o conjunto de referências e determinantes, tais fatos, história, hábitos etc que entrelaçam indivíduos de uma sociedade, ou b) individualmente, então o conjunto de noções, aprendizados, formas de interpretar etc desenvolvido pela pessoa.

A cultura de uma sociedade é a forma conjunta de pensar/agir de um tanto de indivíduos enquanto coletivo. Ela está lá, quer você queira ou não, e você provavelmente faz parte dela.

Percebê-la é essencial.

As mina perceberam essa e tão dando o toque. Ouve.

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para negação da cultura de estupro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s