o sol vai brilhar

Eu não estou perdido
se não há rota
ou marco

Há de esperar ou singrar:
n’algum momento
d’algum lugar
o sol vai brilhar

Além da Tundra
e acima da neve
o sol vai brilhar

Antes que eu durma
e o tempo m’enterre
o sol vai brilhar

Desdantes a morte ser
e poisanos o fim nascer

o sol brilhava e vai brilhar.

Anúncios
Esse post foi publicado em literatura & lingüística, versos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s