“A direita está literalmente destruindo Porto Alegre há 12 anos e ainda coloca dois representantes no segundo turno, é absurdo! Rio grande do sul segue fazendo jus à sua fama de ter uma gente preconceituosa, conservadora e ignorante. Esse é sem dúvidas meu último ano morando aqui, e o último a sair que apague a luz.”

do ator e amigo pessoal Bruno Bazzo

Obrigado, Bazzo, pela sucintez.

E “obrigado”, Rio Grande do Sul, pelas amigas spancados por homofobia,, pela gente desconhecida morta por “justiceiros” espancando bandidos, pelo racismo velado, pelo machismo que estupra, espanca e mata, e tudo mais que faz parte da cultura do Rio Grande do Sul, mantida e defendida, mesmo que sem querer (e nunca é totalmente sem querer — é falta de de informação de quem faz questão de continuar não se informando) pelo eleitorado que se fez maioria nas urnas ontem.

Ressalvo que não falei dos candidatos. Como no caso dos 65% que colocaram a marionete-das-empreiteiras José Fortunati no comando da capital do estado (mesmo que sua capacidade como governante lembre muito a de Jack Noah, interpretado por Richard Dreyfuss, em “Luar sobre El Parador), são seus eleitores me assustam.

#portoalegre #eleições2016

Anúncios
Esse post foi publicado em cinema & teatro, mundo real e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s