conselhos de uma Pussy Riot sobre como reagir a Trump

Nadya Tolokonnikova, da banda punk Pussy Riot, explica, através de sua experiência pessoal e conhecimento da política opressora de Putin como enfrentar Trump. Esse artigo (em inglês) foi publicado na revista Foreign Policy. Tradução minha.

“Nem toda comparação entre o presidente russo Vladimir Putin e o presidente dos E.U.A. Donald Trump funciona. Mas quando se trata de sua covarde necessidade de poder, seus temperamentos frágeis e seus egos inflados, assim como seus sentimentos antifeministas, esses dois homens têm muito em comum.

Eles tem em comum alguns métodos políticos e algumas falhas psicológicas. É tudo psicologia de homem das cavernas. Quando ficam brabos, saem chicoateando. Para Trump, é através de tweets. Putin tem mais poder, então ele coloca seus inimigos na cadeia. Essas são as mesmas reações impensadas de crianças fazendo birra quando se sentem rejeitadas ou assustadas.

Mas não devemos subestimar esses homens. Putin está tentando construir uma nova ordem mundial conservadora, e Trump é uma peça importante dessa vertente. Nos meses recentes, ambos implementaram novas políticas — Putin descriminalizou violência doméstica e Trump reinstaurou a Global Gag Rule [Regra de Mordaça Global] — que abrange simultaneamente direito religioso e tira vantagem as liberdades das mulheres. Ambos os líderes não são apenas antifeministas; eles degradam as mulheres. Putin disse que o lugar de uma mulher é no lar, que seu primeiro papel na sociedade é ser uma máquina reprodutiva. Se uma mulher quer ser uma bota patriota russa e ajudar seu país, ela deve ter mais filhos. Trump, enquanto isso, tem um longo histórico de comentários depreciativos sobre mulheres, sem contar a acusação de assédio sexual.

Também é importante lembrar que Trump é apenas um sintoma das terríveis tendências conservadoras na sociedade americana [estadunidense]. Ele não é um grande revolucionário ou o árbitro de um movimento. Ele não pode mudar o país em um dia. Ele é apenas um estúpido símio, e não devemos dar a ele mais poder do que ele já tem. De fato, Trump tem muita sorte por conseguir pegar toda essa raiva que as pessoas têm do sistema atual e usá-la em sua vantagem. E isso é outra coisa que ele tem em comum com o presidente da Rússia: Putin também usou os medos e raiva das pessoas para tornar-se mais poderoso.

Agora que podemos ver os obstáculos, é hora de considerar a eleição de Trump como uma oportunidade para a sociedade não mais se esconder de sua feiura. E isso é na verdade um presente para ativistas e feministas.

Não devemos entrar em pânico ou termos medo, mas, ao invés disso, nos comprometermos a resolver essas injustiças. Isso é poder. Quando estiva na prisão com minhas amigas por quase dois anos, tentamos nosso melhor para sermos um incômodo para Putin. Fizemos greves de fome e protestamos de qualquer modo que pudéssemos.

Isso não é como dizer que foi fácil. Eu olhava em volta e percebia o quão terrível minha situação era de fato, mas eu parava e pensava em como eu poderia melhorar as vidas das pessoas ao meu redor. É só então — quando você começa a encontrar uma solução — que você se sente bem novamente. Mesmo nos momentos mais sombrios, ajudar outrem é poder.

Mas não espere que a mudança venha de imediato. Leva tempo para realmente desfazer todos discursos babacas super sexistas que tem definido a história por milhares de anos. E só precisamos nos preparar para lutar por isso por mais tempo do que provavelmente pensávamos.

Homens como Putin e Trump pensam que podem esmagar as pessoas. Putin pensou que poderia nos quebrar. Mas mesmo na prisão ainda tínhamos nossas mentes, nossas almas, nossa felicidade. No fim, nós nunca desistimos. E é assim que você pressiona contra Trump, Putin, e todos os outros babacas como eles.

Não podemos lhes entregar nosso medo.”

#pussyriot #rússia #estadosunidos #trump #putin #feminismo #machismo #misoginia

Anúncios
Esse post foi publicado em mundo real e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s