diários da clínica: xadrez de loucos

“Não é engraçado que “no xadrez” eu tenha me viciado em xadrez?”

Um dia, tentamos achar uso para as peças “soltas” dos conjuntos” de jogo. Aquelas que, por terem-se perdido outras peças de seus grupamentos, acabaram ficando “desencontradas”.

Fiz uns péssimos desenhos ilustrando um pouco da ação que desenvolvemos:

Um rei que foi decapitado e virou torre; cinco peões trovavavam em torno da fogueira (tampa vermelha de refrigerante); peão em cima de peão em cima de rainha — isso chamamos de Canhão de Raios Laser.

Anúncios
Esse post foi publicado em a vida em anexo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s