velado

quando acordou e abriu os olhos, havia apenas a escuridão. ‘estou cego’, pensou. fechou e abriu de novo, mesmo resultado. tentou se mover, mas travava a centímetros do corpo. ‘meudeus, fui enterrado vivo’. aí lembrou de ter ouvido algum tipo de estrondo, sentido uma coceira estranha na parte de trás do crânio e até o que parecia ser uma choradeira seguida de piadas desconcertantes seguidas de um sorriso de simpátia (dá pra ouvir sim, porque a pessoa faz um clic com o canto da boca pra esclarecer que foi humor de consolo).

tudo isso porque figurante como segurança de bandido em filme de vingança também merece enterro.

Anúncios
Esse post foi publicado em contos & mini-roteiros e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s