pr’amiga que vi online

“Danu”

eu queria dizer que sonhei contigo essa noite,
pra tentar lembrar do sonho,
pra dizer que tu estava lá,
pra que enfim, algo se criasse
em cima da não lembrança.

ou então comunicar o acaso
de ter encontrado alguém
que se te assemelhava,
pra dizer que lembrei,
tendo um porquê,
de ti.

queria mentir qualquer coisa, só pra dizer:
não fui eu, foi uma série de complexidades
neurais e ou sócio-circunstanciais
que me levaram a pensar você

pra fazer relato de sua memória
viva aqui dentro de mim

Exceto que odeio mentir
sobre algo tão bonito
quanto lembrar de ti
sem mnemo-gatilhos.

(ai quanto tudo pra dizer que)

Lembrei de ti, queri!!!

Mó saudade da porra, meu

Espero que tudo lindo

Abraços e beijas

Anúncios
Esse post foi publicado em versos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s