Arquivo da categoria: sem categoria

João Paulo ser adulto é ter os medos da infancia mas ter q segurar a barra pelos menores, ou algo assim? e pelos outros adultos? Stéfano Deves ser adulto é ser uma criança fingindo que sabe o que está fazendo. … Continuar lendo

Publicado em sem categoria | Deixe um comentário

presença online/offline: lain, neuromancer, as drogas e a internet

presença online/offline: lain, neuromancer, as drogas e a internet A presença física de um indivíduo é irrelevante do ponto de vista maior, se nos puséssemos no lugar do espectador ou de personalidade presente – esta, em si, também um espectador. … Continuar lendo

Publicado em sem categoria | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

greve não é coisa de vagabundo

Ontem mesmo vi alguém falando da greve como feita por “quem nunca trabalhou na vida”. Pasmei que o cara ignore quantas e quais são as classes participantes — todas, quiça? — porque alguém lhe deu um perfil do grevista e … Continuar lendo

Publicado em sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

citações – quarto de despejo (carolina de jesus)

Foi Priscila, fundadora do blog sobre literatura de autoria feminina Veredas (também no Facebook, Veredas Facebook), quem me apresentou Carolina Maria de Jesus e sua obra maior “Quarto de Despejo”. Um relato interino da vida na favelada. O ponto de … Continuar lendo

Publicado em sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

8 de abril: 27 anos da estréia de Twin Peaks

artigo do History Channel traduzido por mim “Quem matou Laura Palmer?” era a pergunta nas mentes de todo mundo na noite de 8 de abril de 1990, quando Twin Peaks, o drama televisivo surreal de David Lynch, estreou na ABC. … Continuar lendo

Publicado em sem categoria | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Protegido: teste

Não há nenhum resumo porque esse post está protegido.

Publicado em sem categoria

sobre ficção

Difícil escrever ficção quando se está ciente da realidade que influencias e que age sobre ti. Ao mesmo tempo, não podes registrrar tua relação com ela porque seria presunçoso e inacabado… -Quer um beck, meu? -imagino o Hen… dizendo. Mas … Continuar lendo

Publicado em contos & mini-roteiros, sem categoria | Deixe um comentário