Arquivo da tag: morte

sem choro, o que seria?

e o que seria da gente se não pudesse chorar pingar partes dessa dor que é dentro e é pra sempre? um gemido abafado por um choro sem aviso que ao verter nos corta o ar e já nem dói … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

a vida é certa

a única certeza na vida é a morte, dizem. mas há outras, eu garanto. a começar, obviamente, pelo nascimento. taí uma merda que não conseguimos evitar, não, não nós. a morte a gente pode evitar, meio que adiando, postergando. a … Continuar lendo

Publicado em a vida em anexo, palavras sábias | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

mais uma

Só mais um maço de Pielroja e outro de L&M, por favor. Depois me mandem para à frente do batalhão, bradem seus punhais ou tragam a cruz que considerarem de tamanho justo. Talharei eu mesmo meu crime na madeira, afiarei … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

10 de maio de 2016

pra não morrer de tédio, pra não morrer de forca, pra não morrer por veneno, pra não morrer de velho morreu de esquecimento, o poeta. pra não ser visto sério, pra não preocupar, pra não causar dano, pra não ter … Continuar lendo

Publicado em literatura & lingüística, versos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

brevíssimo adeus

Tudo em clima de despedida, mesmo que fique. Dá-se o abraço de adeus a todo tempo; em caso de não-morte, fica ao menos o abraço.

Publicado em versos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

t.

Eu te amo, amigo meu. Eu te amo, eu te amo e queria dizer mais vezes — Não que não o dissesse antes mas amo que nunca tivemos medo de dizer que amamos. Lembra da gente varando a madrugada a … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

relógio

O medo que tenho do som do relógio não é pelo tempo se ouvindo acabar É a constância, a regra. A seta que aponta pra lá e pra cá mas volta pra si.

Publicado em literatura & lingüística, versos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário