Arquivo da tag: saudade

que bagunça, cara…

Quase quatro meses e não consigo traduzir um texto sobre saúde masculina sem desatar a chorar… Mas isso é saudade, não? E como é bom te amar, cara. Como é bom te amar pra sempre. Encolhido num sofá e chorando … Continuar lendo

Publicado em a vida em anexo, versos | Marcado com , , | Deixe um comentário

mais uma

Só mais um maço de Pielroja e outro de L&M, por favor. Depois me mandem para à frente do batalhão, bradem seus punhais ou tragam a cruz que considerarem de tamanho justo. Talharei eu mesmo meu crime na madeira, afiarei … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

perdidos e salvos

Qualquer que fosse nossa perdição, amor algum poderia nos salvar. A poesia não nos salvaria, nem as viagens, os amigos, as amigas, tampouco o carinho, a cerveja, jogos de futebol, noites insones barganhando cada minuto de diversão ou debatendo as … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

voltar a escrever

ainda escrevo pensando em ti. falei a algumas pessoas: eu estava numa fase de não sair nada da cabeça-caneta-papel. repetia ritos (lugares, costumes, hábitos) que outrora me faziam escrever, e nada. aí escrevi pra ti. sobre ti. e depois comecei … Continuar lendo

Publicado em a vida em anexo | Marcado com , | Deixe um comentário

L&M

O bloco de notas não pode parar de sujar A mente não pode parar de dizer A gente não pode parar de gritar [ e se o grito não for ouvido, a gente explica de novo, mas de foice na … Continuar lendo

Publicado em versos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

vocabulário

31 palavras para “neve” e nenhuma pra “saudade”. Esquimós é que sabem o que é bom.

Publicado em jogo rápido, palavras sábias | Marcado com , | Deixe um comentário

nova petrópolis

Quando pai disse que não voltaria acreditei: quando anunciou le dernière rencontre — aqui senti: nunca mais esperar reclamar saudade quieto procrastinar a visita; nem subescreveu entre falas o apelo e a crítica à nossa falta de ida. — e … Continuar lendo

Publicado em a vida em anexo, versos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário